Notícias

Programa Buriti executa mais de 16 mil metros de cerca em áreas de proteção ambiental

O cercamento é essencial para proteger a área preservada e garantir a recuperação com o plantio de mudas
5 de setembro de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Nos últimos três meses, o Programa Buriti, do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), já instalou 16,2 mil metros de cerca em áreas de preservação permanente (APPs) de sete propriedades rurais. As ações são realizadas nas áreas próximas às nascentes dos rios Uberabinha, Araguari e ribeirão Bom Jardim. O programa tem o objetivo de recuperar e proteger áreas de nascentes e matas ciliares. A iniciativa garante indiretamente água para abastecer a cidade e as atividades do campo.

De acordo com o supervisor do programa Buriti, Masterson Ferreira, a previsão é executar 30 mil metros de cerca em 10 propriedades até o fim do ano. “Realizamos o cercamento próximo às nascentes ou em áreas de preservação e, no período chuvoso, fazemos o plantio de mudas nativas do cerrado”, disse.

            Masterson Ferreira também explicou que o cercamento, além de isolar as áreas de proteção, previne possíveis riscos de assoreamento. “A cerca é essencial para proteger a área preservada e garantir sua recuperação quando ocorre o plantio de mudas, por exemplo. A ação também delimita o trânsito de pessoas no espaço e evita os animais de pisotear o local”.

Programa Buriti

O programa atua na preservação e recuperação das nascentes nas bacias do ribeirão Bom Jardim e dos rios Uberabinha e Araguari. Desde a implantação, em 2008, já foram realizados 627 mil metros lineares de cerca e o plantio de 501 mil mudas nativas em uma área protegida aproximada de 6,9 mil hectares. O produtor rural não tem custo em implantar o programa. Para se cadastrar e receber os benefícios, basta entrar em contato com o Dmae pelo e-mail programaburitidmae@gmail.com ou pelo número 3233-2564.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também