Notícias

Dmae atende mais de três mil pessoas na Fazendinha Camaru

Programas Escola Água Cidadã e Buriti apresentaram um espaço ecológico e a importância da preservação ambiental no evento
6 de setembro de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais de três mil pessoas conheceram a ação de conscientização ambiental realizada pelos programas Escola Água Cidadã e Buriti do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) na Fazendinha Camaru 2022. De 26 de agosto a 6 de setembro, em média, 10 escolas por dia passaram na área ecológica.

No espaço, foi possível visitar duas áreas: uma degradada e outra preservada pelo Programa Buriti. Essa foi uma oportunidade para que os visitantes entendessem quais são as ações realizadas pela iniciativa.

“Nossas nascentes, além de fornecerem água para os córregos e rios que abastecem toda a cidade, também são fonte de vida para todos os seres vivos. Para que elas continuem vivas, é necessário cuidar de seu entorno e orientar a população quanto a importância de se preservar uma Área de Preservação Permanente (APP)”, comenta Priscilla Petrocelli, supervisora do Peac.

Dmae atende mais de três mil pessoas na Fazendinha Camaru 1
Comunicação Dmae

Peac

O Programa Escola Água Cidadã integra as ações do pilar de sustentabilidade do Dmae. A iniciativa começou em 2003, destacando as ações contra o desperdício de água. Foi regulamentado em 2015. Na pandemia, levou o projeto Educação Virtual às casas e retornou às atividades presenciais em setembro de 2021. Aproximadamente 320 mil pessoas já receberam alguma ação de educação do Peac. Uma iniciativa essencial diante dos problemas que o mundo enfrenta hoje, como poluição ambiental, mudanças climáticas e desperdício de água e energia.

Para agendar visitas ou participar das atividades do Peac, as escolas e instituições podem entrar em contato pelo telefone 3233-2567 ou pelo e-mail escolaaguacidada@uberlandia.mg.gov.br.

Programa Buriti

O programa atua na preservação e recuperação das nascentes nas bacias do ribeirão Bom Jardim e dos rios Uberabinha e Araguari. Desde a implantação, em 2008, já foram realizados 627 mil metros lineares de cerca e o plantio de 501 mil mudas nativas em uma área protegida aproximada de 6,9 mil hectares. O produtor rural não tem custo em implantar o programa. Para se cadastrar e receber os benefícios, basta entrar em contato com o Dmae pelo e-mail: programaburitidmae@gmail.com ou pelo número 3233-2564.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também