Notícias

Prefeitura realiza limpeza de bueiros e poda de árvores em preparação para o período chuvoso

Ações de precaução são realizadas para minimizar possíveis danos estruturais
23 de setembro de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos da Prefeitura de Uberlândia realiza a limpeza periódica de bueiros por toda a cidade, com o objetivo de prevenir alagamentos, além de também evitar que a poluição chegue até os rios e córregos. Essas ações de prevenção foram intensificadas devido à previsão de chuvas fortes nos próximos dias.

Só neste mês, até o momento, foram limpos mais de 1.800 bueiros espalhados por toda a cidade. Entre julho e setembro, 7.338 bueiros receberam limpeza, sendo 2.658 em julho e 2.849 em agosto, totalizando uma média de 106,34 bueiros por dia, desconsiderando os domingos e dias restantes de setembro.

O trabalho de limpeza dos bueiros é feito manualmente, com uso de pás e enxadas. Nos casos em que há a necessidade de uma higienização mais pesada, um caminhão pipa é utilizado para fazer jateamento. Além do trabalho preventivo, a pasta também atua de acordo com as demandas apresentadas pelos moradores. As solicitações de limpeza podem ser feitas por meio do Serviço de Informação Municipal (SIM), pelo telefone 3239-2800.

Podas de árvores

Prefeitura realiza limpeza de bueiros e poda de árvores em preparação para o período chuvoso 1
Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

O trabalho realizado por equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos é intensificado no período de estiagem. Entre junho e setembro de 2021, foram realizadas 4.595 podas. Já neste ano, o serviço foi aprimorado e totalizou, no mesmo período, 5.228 podas.

A avaliação que antecede a poda considera a urgência, sendo analisados: estado fitossanitário, localização das árvores levando em conta se atrapalha o trânsito, qual é a espécie e se é adequada para o local, o risco e histórico de queda da espécie. As medidas são tomadas para melhorar a condição de segurança da população.

As podas são divididas em duas modalidades, considerando as condições climatológicas: preventivas e corretivas. A primeira ocorre em período seco, já a segunda é feita diante de eventos climatológicos que venham a derrubar as espécies e/ou demandam desobstrução.

A Secretária da pasta de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, Larissa Espíndula,  explica que as podas reduzem a frequência de incidentes. “Estamos acompanhando desde 2017 uma evolução muito grande com o serviço de poda de árvores. Em 2021, tivemos uma incidência baixa de árvores que caíram entre outubro do ano passado e março deste ano, a maioria das quedas ou galhos que desprenderam foram em áreas particulares, com poucas exceções em canteiros centrais. Em 2022, melhoramos nossa logística e intensificamos o serviço, então estamos esperançosos que a população sofra menos com as consequências das chuvas torrenciais que se aproximam”.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também