Termina hoje (30) a Campanha de vacinação contra a poliomielite (30)

Única forma de prevenção contra a poliomielite é a vacina; assim como na média nacional, cobertura no município ainda está abaixo do esperado
30 de setembro de 2022

A Campanha de Multivacinação, que contempla uma dose extra da vacina contra a poliomielite, termina nesta sexta-feira (30). A única forma de prevenção contra a doença é a vacina, que é gratuita e está disponível em todas as salas de vacina da rede municipal. Mesmo com toda a mobilização das equipes de saúde, a cobertura atual no município está em 60%, sendo 95% o preconizado pelo Ministério da Saúde.  O índice acompanha a média nacional, que também está abaixo do esperado.     

“Fazemos um apelo para que os pais e responsáveis levem seus filhos aos postos de saúde. A vacina contra a pólio neste momento é uma dose de campanha, então, mesmo com o cartão em dia, as crianças com idade entre um e cinco anos devem receber a gotinha”, alertou a coordenadora do Programa de Imunização da Prefeitura de Uberlândia, Cláubia Oliveira.

Desde o início da campanha, a Prefeitura de Uberlândia tem adotado várias estratégias para facilitar o acesso às vacinas. Além da busca ativa feita pelas equipes das unidades de saúde por meio de ligações e mensagens via WhatsApp, foi realizada uma força-tarefa, até essa semana, em 90% das escolas municipais para ampliar o esquema vacinal. O objetivo era alcançar as crianças de um ano a menores de cinco anos, que devem tomar uma dose extra da vacina da poliomielite. A Secretária de Saúde também ampliou o horário de funcionamento das UBSFs na última semana da campanha.

“A paralisia infantil já retornou em vários países e, infelizmente, no Brasil estamos aguardando onde e quando será o primeiro caso devido à baixa cobertura de rotina e da campanha. Precisamos de responsabilidade dos pais nesse momento tão importante”, afirmou a coordenadora.

Paralisia nos membros inferiores, perda da audição e da visão, epilepsia e até mesmo a morte. Estas são algumas consequências após a infecção pelo poliovírus, principalmente em crianças. Não há registro das complicações da poliomielite desde 1980, mas, devido à baixa cobertura vacinal, elas podem voltar a acometer as pessoas se a cobertura vacinal contra a doença continuar baixa.

Locais de vacinação

O Município tem à disposição 74 salas de vacina. Nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) elas estarão funcionando das 7h30 às 16h30. Já nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), será das 8h às 18h, sendo que as unidades dos bairros Brasil e Tocantins, devido ao Horário do Trabalhador, funcionam até as 20h.  Nos ambulatórios das Unidades de Atendimento Integrado (UAI) – exceto Morumbi, São Jorge –, também haverá vacinação. O horário de atendimento é das 8h às 20h.

Veja Também