Notícias

Alimentação escolar da Prefeitura de Uberlândia é considerada modelo a ser seguido

Programa municipal de compras da agricultura familiar será apresentado em evento em Belo Horizonte
14 de outubro de 2022

 O trabalho da Prefeitura de Uberlândia em prol da merenda escolar e no apoio aos pequenos produtores rurais será destaque durante o workshop “Do campo à escola – compras da agricultura familiar para o Pnae”. Representantes do Programa Municipal de Alimentação Escolar (Pmae), da Secretaria Municipal de Educação, foram convidados para apresentar a bem sucedida experiência de Uberlândia com as compras da agricultura familiar. O evento será promovido pela Secretaria de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, da Prefeitura de Belo Horizonte, no dia 20 deste mês.

Atualmente, a SME fornece merenda escolar diariamente para mais de 70 mil estudantes, sendo que, no mínimo, 30% dos alimentos são provenientes da agricultura familiar, conforme preconiza a lei federal 11.947, de 2009.

Alimentação escolar da Prefeitura de Uberlândia é considerada modelo a ser seguido 1
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação- PMU

“Temos conseguido ótimos resultados com a agricultura familiar. Um dos motivos são os diálogos e o respeito que temos com os produtores rurais. Por exemplo, eles sempre nos falam quais são os produtos da estação e isto contribui para adquirirmos alimentos mais baratos e oferecermos uma merenda mais diversificada”, explica a nutricionista do Pmae, Marilia Martins Santos. Ela destaca que, ao contrário de Uberlândia, muitos municípios não conseguem atingir a meta por fatores como este e que, para 2023, a meta de Uberlândia é superar a margem de 30%.

Alimentação escolar da Prefeitura de Uberlândia é considerada modelo a ser seguido 2
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação- PMU

A participação da SME no workshop da capital mineira é também um reconhecimento ao empenho da Prefeitura de Uberlândia em oferecer uma alimentação escolar equilibrada, nutritiva e de acordo com as necessidades de cada faixa etária. Para isto acontecer é feita a oferta de cardápios rigorosamente elaborados por equipes do Pmae. Durante a elaboração, são valorizadas as necessidades nutricionais por faixa etária e período escolar (parcial e integral), os hábitos alimentares regionais e os alimentos naturais, frescos e ricos em nutrientes. Os cardápios também são planejados de acordo com critérios estabelecidos pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), do Ministério da Educação (MEC). Desta forma, os lanches são divididos em categorias como berçário, educação infantil e ensino fundamental.

Neste cenário, a agricultura familiar é importante pois contribui com a diversidade da merenda e estimula a produção agrícola de pequenos produtores rurais. Semanalmente as escolas recebem verduras, frutas e legumes frescos que possibilitam a produção de lanches mais saudáveis. A fim de garantir que os produtos adquiridos sejam bem utilizados, equipes da SME realizam visitas constantes às escolas e observam como os alimentos são armazenados e utilizados, além dos critérios de higiene.

Alimentação escolar da Prefeitura de Uberlândia é considerada modelo a ser seguido 3
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação- PMU

Projeto Frutas Sazonais

Uma das possibilidades garantidas na alimentação escolar municipal, graças à agricultura familiar, é o Frutas Sazonais. Para viabilizar o projeto, as equipes do Pmae averiguam a disponibilidade dos itens no mercado, considerando também o que os produtores rurais sabem a respeito das épocas do ano e frutas das estações. Quando a produção agrícola de algum produto está em grande escala, geralmente os preços ficam mais acessíveis. Desta forma, os estudantes consomem itens como melão, mexerica, banana, laranja e melancia.

Alimentação escolar da Prefeitura de Uberlândia é considerada modelo a ser seguido 4
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação- PMU

Veja Também