Notícias

Uberlândia é a 2ª cidade do interior do Brasil em geração de emprego

Saldo do mês de outubro foi o melhor para este ano, deixando o município à frente de 14 capitais, conforme o Caged
29 de novembro de 2022

Uberlândia se destaca no cenário nacional de geração de empregos. Conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência, divulgados nesta terça-feira (29), a cidade registrou, no mês de outubro, o 2º melhor saldo de empregos do interior do país. A cidade ainda ocupa a 2ª posição no estado de Minas Gerais.

As contratações superaram os desligamentos em 1.595 postos de trabalho, com todos os setores contribuindo: “Serviços” teve saldo de 610 empregos, seguido por “Agropecuária” (+ 502), “Comércio” (+ 302), “Indústria” (+ 140) e “Construção” (+ 41). Dessa forma, Uberlândia ficou à frente de cidades como Ribeirão Preto (SP), Londrina (PR), Joinville (SC) e Feira de Santana (BA), tendo, inclusive, um desempenho melhor do que o de 14 capitais, entre as quais estão: Florianópolis (SC), João Pessoa (PB), Campo Grande (MT) e Natal (RN).

Esse é o melhor resultado para o mercado de trabalho local registrado em 2022. No acumulado do ano, Uberlândia já gerou 4.834 oportunidades. No saldo dos 12 meses anteriores a outubro, são 6.355 postos abertos.

“É um cenário bastante animador, que mostra a resiliência de Uberlândia frente aos desafios. Sabíamos que 2022 não seria um ano fácil, até pela conjuntura nacional e internacional, mas não medimos esforços em buscar soluções que pudessem apoiar nossa população. Uma dessas soluções foi a realização do 1º Mega Feirão de Empregos, em ação conjunta das secretarias municipais de Agronegócio, Economia e Inovação e Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação, e agora, por lei, é um evento que está no calendário anual da cidade”, disse o prefeito Odelmo Leão.

1º Mega Feirão de Empregos foi promovido pela Prefeitura de Uberlândia em setembro, intermediando a realização de quase 12 mil entrevistas de emprego. O número de candidatos participantes passou de 4 mil e 120 empresas aderiram à iniciativa.

O evento se soma a outras políticas públicas municipais de promoção do emprego e fortalecimento do mercado de trabalho local. Além dos investimentos em qualidade de vida (como obras de mobilidade urbana, educação, saúde, desenvolvimento social) e das mediações realizadas junto a todos os segmentos da economia, a gestão municipal oferece gratuitamente cursos profissionalizantes e aproxima empregados e empregadores por meio do Sine, localizado em uma ampla estrutura administrada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação na rua São Francisco de Assis, nº 1.070.

Confira os dados aqui.

Veja Também