Notícias

Desabastecimento do soro e imunoglobulina antirrábica

7 de dezembro de 2022

Com o quantitativo insuficiente de imunobiológicos de profilaxia contra a raiva humana enviados pelo Ministério da Saúde, a Prefeitura de Uberlândia pede a população para evitar se aproximar de cães e gatos sem donos, não mexer ou tocá-los quando estiverem se alimentando, com crias ou mesmo dormindo, não tocar em morcegos ou outros animais silvestres diretamente, principalmente quando estiverem caídos no chão ou encontrados em situações não habituais.

A aquisição destes imunobiológicos é feita pelo Ministério da Saúde e a distribuição fica sob a responsabilidade das Secretarias de Estado de Saúde. Conforme informado pelo Ministério, por meio do ofício Nº265/2022, apenas a Fundação Butantan está fabricando o medicamento, fazendo com que a capacidade produtiva não atenda a demanda.

Devido a essa situação, a Prefeitura está em constante contato com a Superintendência Regional de Saúde de Uberlândia para que viabilizem os imunobiológicos com outras regionais, a fim de não deixar a população desprotegida.

O município reforça, ainda, que em caso de incidentes com estes animais, deve-se procurar o ponto de atendimento de referência na cidade, que fica no ambulatório da UAI Martins. No local, o profissional de saúde fará a avaliação e, caso seja necessário o esquema de profilaxia para evitar o contágio da raiva humana, será feita a prescrição indicando vacina e/ou soro. Por isso, o atendimento em tempo hábil é de suma importância para evitar a ocorrência de raiva humana.

Veja Também