Notícias

Uberlândia consolida recorde histórico na balança comercial em 2022

Exportações de produtos pelo município atingiram maior patamar da série; soja e milho estão entre os principais itens vendidos ao longo do último ano
9 de janeiro de 2023
Foto: Divulgação

Após o fechamento do acumulado anual da balança comercial, Uberlândia mostra que continua ampliando seu superávit e movimentando o mercado internacional. Conforme divulgado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o município registrou um saldo de US$ 856,05 milhões, o que representa uma movimentação 65% superior em comparação com 2021. O período verificado ainda totalizou US$ 1,17 bilhão em exportações, entre janeiro e dezembro do ano passado. Os dados marcaram, assim, um novo recorde na série histórica iniciada em 1997.

Com aumento de 45,9% em relação ao resultado do ano anterior, as exportações pelo município foram novamente alavancadas pelo agronegócio. O destaque fica por conta de produtos como soja e milho, que dominaram as comercializações para o mercado externo. No período, Uberlândia ampliou parceiros comerciais e destinou insumos para 80 países diferentes, sendo que os principais compradores foram China (com mais de 60% das aquisições), Irã e Tailândia. Durante o último ano, o maior índice de vendas para o exterior ocorreu no mês de abril, gerando um montante de US$ 203,1 milhões.

As importações pelo município também tiveram números expressivos, comprovando o poder de compra e impulsionando demandas internas. Com uma movimentação de US$ 314,32 milhões, a cidade comprou 10,9% a mais do que em 2021. De um total de 75 países que forneceram produtos para Uberlândia, destaque para Paraguai, China e Estados Unidos, responsáveis pela origem de mais de 50% dos itens adquiridos, entre os quais estão carnes bovinas e adubos (fertilizantes).

“O desempenho de Uberlândia na balança comercial mostra nosso potencial para ampliar a relação econômica com o exterior. Destinamos insumos diversos para países de todo o mundo. Aproveito para destacar a importância do agronegócio, que é a nossa mola propulsora e, por meio dele, poderemos expandir ainda mais o comércio internacional”, destacou o prefeito Odelmo Leão.

Veja Também