Notícias

Paratletas de associações parceiras da Futel são convocados para Fase de Treinamento e Avaliações do CPB

Evento acontece no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, entre 30 de janeiro e 5 de fevereiro
19 de janeiro de 2023

Representantes de associações parceiras da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) foram convocados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) para participar da 1ª Fase de Treinamento e Avaliações, realizada no Centro de Treinamento Paralímpico (CTPB), em São Paulo, entre os dias 30 de janeiro e 5 de fevereiro.

Do Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (equipe CDDU/Futel/Praia Clube), os convocados foram Amanda Sousa, André Luiz Paz, Ângela Teixeira, Caroline Alves, Edilândia Araújo, Lara Lima, Luciano Dantas e Mateus Assis. Já da equipe Futel/Praia Clube, a paratleta convocada foi Tayana Medeiros. Além disso, o profissional de educação física da Futel, Weverton Santos, foi convocado para participar não só da 1ª Fase de Treinamento e Avaliações, mas também do Encontro Anual de Técnicos do Halterofilismo 2023.

Como lembra Weverton Santos, o evento reunirá os principais nomes do halterofilismo brasileiro. “Foram convocados 27 paratletas de todo o país, sendo que um terço é de Uberlândia. Essa é a primeira convocação de 2023 e marca o início de um ano de muitos desafios, como o Mundial de Halterofilismo, em agosto, e os Jogos Parapan-Americanos do Chile, no fim do ano”, disse.

“Além disso, nossos paratletas estão focados nos Jogos Paralímpicos de Paris, em 2024, portanto continuarão a fazer o seu melhor em treinos e provas para superar suas próprias marcas e buscar a classificação para essa importante competição”, ressaltou.

Resultados

Atualmente, Uberlândia está entre as principais potências do halterofilismo brasileiro. Somente no ano passado, 34 paratletas de equipes parceiras da Futel somaram 128 medalhas em importantes competições nacionais e internacionais, com destaque para as 40 medalhas (23 de ouro, 11 de prata e 6 de bronze) no Regional Open das Américas de Halterofilismo, nos Estados Unidos, e as 11 medalhas (6 de ouro, 2 de prata e 3 de bronze) na Copa do Mundo de Halterofilismo, em Dubai, nos Emirados Árabes.

Os resultados têm ligação direta com o trabalho desenvolvido pela Futel, que disponibiliza aos paratletas a estrutura do Sesi Gravatás (espaço que integra o Sistema Fiemg e que está sob gestão do Município) para treinamento, além de fornecer profissionais de educação física para acompanhá-los em treinos e provas.

Veja Também