DMAE

Departamento Municipal
de Água e Esgoto

Educação Ambiental

Educação Ambiental

Programa Escola Água Cidadã – PEAC

O Programa Escola Água Cidadã do DMAE, PEAC como é conhecido, tem como principal objetivo educar a comunidade para o uso responsável da água. Escolas públicas e privadas, da pré-escola ao ensino universitário, associações de moradores, empresas e muitas outras instituições podem expandir o seu conhecimento em saneamento e em ações de sustentabilidade ambiental.

O trabalho de educação ambiental é realizado por servidores do DMAE e estagiários de cursos de graduação. No decorrer do programa são passadas informações sobre o uso consciente da água, proteção e recuperação das nascentes dos rios, coleta seletiva e a importância de fazer o descarte correto dos resíduos em casa.

Os monitores falam sobre o uso da água e os serviços prestados pelo DMAE, por meio de seus sistemas de abastecimento público de água e esgotamento sanitário. Já os esclarecimentos e orientações sobre tarifa, tratamento de água, esgoto, funcionamento de hidrômetros, entre outros, são levados às salas de aulas e outros espaços como empresas e eventos promovidos pela comunidade.

Neste momento em que os recursos hídricos estão cada vez demandados pelas atividades econômicas e sofrem as consequências da degradação ambiental, o Programa Escola Água Cidadã assume um papel cada vez mais estratégico no apoio que oferece à comunidade escolar em seu trabalho de educação ambiental.

Visita à Fazendinha Águas Vivas

A Fazendinha Águas Vivas, localizada próxima à Estação de Captação e Tratamento de Água Capim Branco, na região da Tenda do Moreno, faz parte do PEAC. O local foi construído graças a uma iniciativa do empreendedor Marcos Casassanta, em parceria com o DMAE.

Os estudantes atendidos podem visitá-la para vivenciar os costumes, antigas tradições e interagir com animais, já que a estrutura conta com casa, paiol, estábulos, carro de boi, máquinas antigas e uma mercearia. Instalações de energias renováveis, como moinho de vento, roda d’água acoplada e monjolo (que também fazia a moagem de grãos), também fazem parte da atração.

Além disso, o antigo sistema de latrina (fora de uso) – mostrado na casa de fazenda – abre espaço para que os alunos conheçam o biodigestor, que faz o tratamento biológico da água utilizada no local. O espaço é abastecido com água de mina, disponibilizada para o consumo doméstico e abastecimento de tanques de peixes. Assim, a atividade educacional fornece aos alunos amplo contato com as tradições rurais e os temas sustentabilidade de preservação do meio ambiente.

Agende sua visita a fazendinha pelo telefone, 3233-2567, ou pelo e-mail escolaaguacidada@uberlandia.mg.gov.br.

Revistinha Turminha do Cerrado

A Revistinha Turminha do Cerrado também faz parte do PEAC desde a implantação do programa em 2007. Em 2018, por meio de uma parceria com o Ministério Público Estadual, foi reformulada, ganhou mais cores, desenhos, novo personagem e nova história. A revistinha tem o objetivo de apresentar às crianças a realidade cotidiana dos problemas ambientais, meios para desempenhar seu papel cidadão na escola, em casa e nas suas relações com a cidade e com pessoas. Acesse aqui a revistinha.

Facebook

DESTAQUES

All articles loaded
No more articles to load

SIGA UBERLÂNDIA

Siga Uberlândia
QUERO RECEBER NOTÍCIAS DA PREFEITURA DE UBERLÂNDIA. *