Secretaria de Cultura

Escola Estadual Dr. Duarte Pimentel de Ulhôa

Escola Estadual Dr. Duarte Pimentel de Ulhôa

  • Tombada como Patrimônio Histórico Municipal pelo Decreto nº 10.216, de 27/03/2006. Registrado no Livro do Tombo Histórico, Inscrição XI, pág. 16.

  • A Escola Estadual Dr. Duarte Pimentel de Ulhôa, localizado na Av. Vasconcelos Costa, 78, bairro Martins, teve sua construção iniciada em 1926 com verba do Governo Estadual, durante a gestão de Antônio Carlos de Andrade e a obra foi concluída em 1930 mas só entrou em funcionamento em 1932 com o nome de “Grupo Escolar Minas Gerais”. Em 1934, passou a chamar-se Grupo Escolar Dr. Duarte Pimentel de Ulhôa, em homenagem ao Juiz de Direito da Comarca de Uberlândia.

  • A escola foi construída com uma arquitetura também presente em outras cidades do Estado. No padrão das construções escolares da época, sua planta desenvolve-se em “U”, com um pátio na área central. A fachada tem como característica principal a simetria e a regularidade, é marcada por um frontão neoclássico sobreposto a um frontão recortado e este elemento central arremata e recebe a escadaria de acesso principal ao hall de entrada. A partir desse hall, desenvolvem-se, para cada lado, dois corredores abertos voltados para a rua, que sustentam cinco colunas e fazem a ligação com os corredores laterais que dão acesso às cinco salas e um banheiro dispostos em cada uma das duas extremidades formando as alas perpendiculares. Essas alas definem o partido da planta em formato de “U”.

  • Em 1963, foi construído um anexo para abrigar a cantina, composta de um galpão e uma cozinha e ainda uma residência para o zelador. Em 1974, em decorrência da Resolução 269 de 04/09/73, a escola passou a oferecer as oito séries do ensino fundamental. Foi, então, construído um novo anexo que ocupou o fundo do terreno paralelo à fachada principal, promovendo o fechamento do pátio central. Em 1984, a Escola recebeu novo acréscimo com a construção de um galpão para abrigar novas salas de aula e a biblioteca, paralelamente ao anexo anterior.

  • Em 1987, a escola contava com 1.200 alunos quando, no dia 4 de outubro, sofreu um grande incêndio decorrente de um curto circuito na fiação precária, provocando grave destruição. No mesmo mês, no dia 28, o então Governo do Estado liberou recursos para a reconstrução do prédio. As atividades escolares foram retomadas em 1989.

  • A Escola Estadual Dr. Duarte Pimentel de Ulhôa foi construída segundo projeto oferecido pelo Governo Estadual e apresenta o mesmo padrão arquitetônico de outras escolas construídas nas cidades vizinhas, no mesmo período em que se destacam o porão alto e as tendências neoclassizantes.
All articles loaded
No more articles to load

Facebook

SIGA UBERLÂNDIA

Siga Uberlândia
QUERO RECEBER NOTÍCIAS DA PREFEITURA DE UBERLÂNDIA. *