Secretaria de Cultura

Sede do círculo de trabalhadores cristãos de Uberlândia

Sede do círculo de trabalhadores cristãos de Uberlândia

  • Tombada como Patrimônio Histórico Municipal pelo Decreto nº 12.556 de 02/12/2010. Registrado no Livro do Tombo, Inscrição XVII, pág. 26

  • A Casa do Operário, localizada na Rua Bernardo Guimarães, 344, foi idealizada na década de 1940, para ser sede da organização social então denominada Círculo Operário  de Uberlândia.

  • Os Círculos Operários compõem um projeto originário de setores da Igreja Católica Apostólica Romana que, desde meados do século XIX, preocupam-se com o papel da instituição religiosa como agente social. Em resposta aos dilemas sociais e políticos que envolviam, sobretudo as relações entre trabalhadores e patrões, mediadas pelo Estado, o projeto traçou estratégias para conservar ampliar a abrangência do ideário cristão sem incitar rompimentos com o Estado ou com a organização capitalista da sociedade.

  • Na prática, isso foi feito com a difusão da ação católica entre os trabalhadores, diretamente por meio do movimento circulista, que tornou-se expressivo sobretudo no período entre as décadas de 1930 e 1970 e foi responsável pela criação de centenas de Círculos  Operários , muitos deles ativos na atualidade.

  • A Sede do Círculo dos Trabalhadores Cristãos de Uberlândia compreende um conjunto de edifícios que foram construídos em distintos momentos ao longo do tempo, com diferentes graus de qualidade técnica e construtiva.

  • O imóvel, adquirido em 1948, compreendia o terreno, um barracão e uma casa e  foi vendido pelo Senhor Joaquim Marquez Póvoa e adquirido pelo Senhor Caio Lima Santa Cecília, representante do Círculo Operário. Logo após a aquisição, teve início a mobilização para a construção da sede que, segundo depoimentos teria começado em 1948. No entanto, os projetos encontrados no arquivo da Instituição referentes a este imóvel trazem datas de aprovação junto ao Município no ano de 1951.

  • O imóvel, que preserva quase integralmente  suas características originais, é um dos exemplares da arquitetura  Art Déco na cidade e representa um movimento de renovação da arquitetura local, incorporando novas tecnologias e expressões estéticas vinculadas aos ideais de modernidade.

  • Neste sentido, esta edificação é uma importante referência para memória do movimento operário da cidade, assim como, para a história da arquitetura de Uberlândia, revelando-se portadora de valores sociais, históricos e simbólicos que contribuem para o enriquecimento e valorização do patrimônio histórico cultural local.
All articles loaded
No more articles to load

Facebook

SIGA UBERLÂNDIA

Siga Uberlândia
QUERO RECEBER NOTÍCIAS DA PREFEITURA DE UBERLÂNDIA. *