Secretaria de Cultura

Teatros

Teatros

Teatro Municipal de Uberlândia

Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer em 1989, o Teatro Municipal de Uberlândia foi inaugurado em 2012. O local conta com 781 poltronas, incluindo cadeiras especiais com acessibilidade. O palco tem duas possibilidades, interna e externa. Quando aberto para parte externa, abre a possibilidade de atender cerca de 20 mil pessoas em uma espécie de anfiteatro ao ar livre. Trata-se de uma função vanguardista para espetáculos populares como shows, apresentações de dança, música, circenses, entre outras.

O Teatro conta com moderna iluminação e sonorização para espetáculos. O elevador para orquestra permite que os músicos fiquem em alturas estratégicas, de acordo com a necessidade de cada apresentação. O ângulo de inclinação da platéia e a construção de uma nova parede interna amplia a visão do palco e reduz a necessidade do uso de microfones.

Agenda de espetáculos

Clique aqui para acessar a Agenda Cultural!

Mais informações:
Endereço: Av. Rondon Pacheco, 7070 – bairro Tibery
A utilização do espaço é disponibilizada por meio de Edital.
Telefone: (34) 3239-2567

Teatro de Bolso do Mercado

O Teatro de Bolso do Mercado foi criado para abrigar diversas atividades como palestras, cursos, apresentações artísticas, ensaios, exibição de filmes, reuniões e outras. O espaço tem capacidade para até 100 pessoas. A programação do local atende solicitações da comunidade e eventos realizados pela própria Secretaria de Cultura.

Mais informações:
Endereço: Rua Olegário Maciel, 255 – acesso pela rampa.
Funcionamento: Segunda a Sexta – 12h às 18h
Telefone: (34) 3235-7790
E-mail: cultmercado@uberlandia.mg.gov.br

Teatro do CEU Campo Alegre

“Inaugurado em 2015, o teatro do CEU Leandro Carvalho conta com 123 lugares e está preparado para receber espetáculos teatrais, musicais, circenses e de dança, palestras, cursos e exibições cinematográficas. Localizado no bairro Residencial Campo Alegre (R. Cordilheira dos Andes, 1015), o espaço integra uma rede de ações para a democratização do acesso à arte, à cultura e ao lazer na cidade.”