Secretaria de Saúde

Terapias complementares

Terapias complementares

O Centro de Referência de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) auxilia pacientes a se recuperarem de doenças promovendo a saúde e o bem-estar. As práticas complementares são abordagens que ampliam o olhar do profissional sobre a medicina tradicional a partir de conhecimentos como a Medicina Tradicional Chinesa, a quiropraxia, homeopatia, meditação, reiki, entre outros.

Em Uberlândia, os usuários da rede municipal de saúde podem participar de terapias como acupuntura, meditação, reiki, dança circular, antroposofia, massoterapia, arteterapia, terapia floral e reflexologia. As práticas são reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e estudos científicos têm comprovado que, quando aliadas à medicina tradicional, trazem bons resultados para a saúde. Para participar das práticas, o paciente precisa do encaminhamento de um profissional da rede municipal de saúde.

Como devem ser solicitados os encaminhamentos para as PICS

  • Para Meditação e Danças Circulares o próprio paciente ou a unidade de saúde entra em contato com o CRPICS por telefone (WhatsApp 3229-7772) ou e-mail (crpics@uberlandia.mg.gov.br) e solicita a vaga.
  • As consultas médicas em Homeopatia (adultos e crianças), Antroposofia e as sessões de Acupuntura Sistêmica são agendadas via Central de Marcação de Consultas (SISREG/FASTMEDIC), mediante encaminhamento médico ou do enfermeiro.
  • Para as sessões de Acupuntura Auricular e Reiki, o paciente é atendido preferencialmente na própria unidade. No caso de a Unidade de referência não oferecer a PIC indicada a solicitação é realizada através de e-mail institucional que a unidade de saúde envia para o CRPICS.
  • O CRPICS ainda oferece atendimento em grupo de antroposofia para gestantes e crianças. A solicitação para estes grupos também é feita por e-mail  (crpics@uberlandia.mg.gov.br).

Fitoterapia

A fitoterapia é um tratamento terapêutico caracterizado pelo uso de plantas medicinais em suas diferentes formas farmacêuticas, sem a utilização de substâncias ativas isoladas, ainda que de origem vegetal. Na área de Fitoterapia foi criado um horto de plantas medicinais, o qual fornece mudas que são distribuídas para a população em eventos públicos em Uberlândia e nos grupos operacionais das Unidades de saúde. A distribuição de mudas e sementes é realizada por profissionais especialistas na área que fornecem informações sobre o cultivo, preparos e uso de chás medicinais. São realizadas oficinas nas unidades de saúde da Rede, onde a população aprende o preparo de chás, xaropes, pomadas, sabonetes e etc. A equipe do CRPICs ainda orienta unidades que têm interesse em fazer horta de plantas medicinais na unidade ou em alguma área do território.  

Homeopatia

Constitui-se em uma racionalidade médica, possibilitando uma forma de entendimento do processo de adoecimento que se distancia da compartimentalização apresentada pela visão do especialismo médico, direcionando um olhar global, mais abrangente, para o indivíduo, e representando uma mudança de paradigma na área da saúde. A Homeopatia tem como foco principal o “doente” e não a “doença”. A Homeopatia tem bons resultados, principalmente em quadros alérgicos, autoimunes, infecções respiratórias, distúrbios emocionais e psíquicos e quadros infecciosos de repetição. 

Antroposofia

A Medicina Antroposófica avalia o ser humano frente às suas necessidades individuais, suas relações sociais, familiares, ancestrais e espirituais. Estimula o contato com a natureza e com tudo que seja natural e essencial. Promove o desenvolvimento do potencial criativo e a livre expressão do ser humano nas suas várias fases da vida. Propõe uma abordagem preventiva e curativa das doenças por meio de um atendimento médico e terapêutico que avalia além da condição física, a energia vital, emocional e espiritual do paciente. 

Acupuntura

Terapia originária da Medicina Tradicional Chinesa, que compreende procedimentos que permitem o estímulo preciso de locais anatômicos definidos por meio da inserção de agulhas para promoção, manutenção e recuperação da saúde, bem como para a prevenção de agravos e doenças. Promove o relaxamento muscular no organismo aliviando os sintomas psicofísicos e causando a sensação de bem-estar geral. Pode ser empregada na prevenção, no tratamento e na reabilitação de inúmeras situações clínicas. 

Auriculoterapia

A auriculoterapia é uma terapia que consiste na estimulação com agulhas, sementes de mostarda, objetos metálicos ou magnéticos em pontos específicos da orelha para aliviar dores ou tratar diversos problemas físicos ou psicológicos, como ansiedade, enxaqueca, obesidade ou contraturas. 

Danças Circulares

São basicamente danças de roda, recolhidas de diferentes partes do mundo em diferentes períodos. O que caracteriza essas danças é o espírito comunitário que elas promovem, além do reconhecimento de si mesmo como parte do todo, o apoio mútuo, a criatividade, a confiança, o respeito e a cooperação. Indicado para pacientes com depressão ou quaisquer transtornos psíquicos.

Reiki

O Reiki é uma terapia que atua na reposição e equilíbrio da energia vital de todo ser vivo. Indicado como complemento no tratamento de estresse, cefaléia, insônia, diabetes, esclerose múltipla, doenças hematológicas, queimaduras, fraturas, dor crônica ou aguda, náuseas e ansiedade durante a gestação, efeitos secundários de tratamento com a quimioterapia e radioterapia, infecções de repetição e quadros de fadiga física ou mental. 

Meditação

A meditação é uma prática milenar descrita por diferentes culturas tradicionais. Tem como finalidade facilitar o processo de autoconhecimento, autocuidado e autotransformação e aprimorar as interrelações – pessoal, social, ambiental – incorporando à sua eficiência a promoção da saúde. Amplia a capacidade de observação, atenção, concentração e a regulação do corpo-mente-emoções.

All articles loaded
No more articles to load

Facebook

SIGA UBERLÂNDIA

Siga Uberlândia
QUERO RECEBER NOTÍCIAS DA PREFEITURA DE UBERLÂNDIA. *