Notícias

Investimentos em tecnologia transformam Uberlândia em cidade digital

Desde 2017, mais de 50 serviços podem ser acessados pelo portal ou aplicativos da Prefeitura; Município figura como a primeira do Brasil no Ranking Nacional de Cidades Inteligentes
26 de dezembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Com mais de 80 milhões de visualizações acumuladas desde 2017, o portal da Prefeitura de Uberlândia é uma amostra do potencial da cidade na oferta de serviços digitais. Nos últimos três anos, o número de recursos digitais para que a população tenha facilidade e celeridade no atendimento cresceu e chega a mais de 50 opções. O Município ainda conta com aplicativos para smartphones e projetos em andamento para ampliação do uso de tecnologia na rotina administrativa.

A segunda maior cidade de Minas Gerais conquistou neste ano o primeiro lugar no Ranking Nacional de Serviços das Cidades Inteligentes. O resultado foi obtido frente a uma análise da consultoria Teleco sobre a aplicação de tecnologia em políticas públicas desenvolvidas nas 100 maiores cidades brasileiras. Uberlândia também tem a segunda posição no Ranking Cidades Amigas da Internet, que trata do estímulo à oferta de serviços de telecomunicações no Brasil.

Confira algumas das facilidades implantadas pela Prefeitura de Uberlândia

Portal da Prefeitura: há diversas opções para se encontrar informações de interesse, agendar atendimentos e ter acesso a dados importantes, como escala médica nas unidades de saúde, trajeto das linhas do transporte público, emissão de guias, registro de reclamações e sugestões, acompanhamento das contas públicas, entre outros.

Canais diretos: alguns órgãos que apresentam demandas muito específicas, como a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) e o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), possuem páginas próprias com canais exclusivos de contato com a população.

Alvará num Clique: canal que permite solicitar e emitir o documento referente à construção, reforma e ampliação de imóveis pela internet.

Portal da Negociação: sistema elaborado para informatizar serviços que antes só podiam ser realizados pessoalmente no Centro Administrativo. Nele, contribuintes e empresas podem consultar as dívidas existentes, simular parcelamentos e imprimir guias para pagamento com código de barra. O portal também conta com uma seção para esclarecer dúvidas da população.

WhatsApppelo aplicativo de bate-papo, é possível requisitar junto ao Dmae, por exemplo, segunda via de contas, certidão de quitação de débito e histórico de consumo, além de notificar vazamentos de água em espaços públicos.

Saúde + Uberlândia: aplicativo para Android que reúne notícias, agendamentos de consultas e exames, acompanhamento em tempo real do fluxo de atendimento das oito Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) da cidade, medicamentes disponibilizados pela rede, dentre outros.

Salve Maria: aplicativo para Android e iOS que facilita a denúncia de violência contra a mulher diretamente à Polícia Militar e inclui o “botão do pânico” para casos de emergência.

UDI Sem Dengue: mais um canal de comunicação entre a comunidade e o Programa Municipal de Controle da Dengue. De modo colaborativo, o cidadão pode enviar pelo aplicativo para Android fotos e mensagens alertando as equipes do setor sobre possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti.

Passe eletrônico do idoso: facilita e agiliza atendimento de pessoas com mais de 65 anos no transporte público, evitando que tenham que apresentar outro documento oficial para ter acesso à gratuidade do serviço.

Ecobonuzprograma de pontos do transporte público, que converte a experiência dos usuários em benefícios, como pagamento de contas, recargas de celular e passagens.

O que está por vir

Construção do Polo Tecnológico Sul: primeira área pública municipal para instalação de empresas de base tecnológica.

Modernização do transporte público: implantação de um centro de controle operacional para melhor monitoramento e gestão do serviço. A operação vai possibilitar a visualização em tempo real por parte dos fiscais e, posteriormente, da população do comportamento diário das linhas do Sistema Integrado de Transportes (SIT). Um app também será lançado em breve e vai atuar com um GPS integrado com outras plataformas, como o Google e o Moovit.

Anel de Segurança: serviço tecnológico que dará à Polícia Militar acesso às câmeras instaladas nos radares fixos de fiscalização eletrônica da cidade.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também