Notícias

Ações de Saneamento do Dmae são destaques em nível nacional

Reconhecimento se deve à eficiência e empenho da autarquia em oferecer à população um serviço de qualidade
10 de janeiro de 2020
Comunicação Dmae

Os serviços de saneamento do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) referentes à qualidade da água, ao abastecimento, ao tratamento de efluentes e resíduos sólidos e à coleta têm colocado Uberlândia em destaque no país. Em 2019, a cidade foi considerada a terceira melhor do Brasil e a primeira em Minas no setor, conforme ranking do Instituto Trata Brasil. O sucesso se deve a um trabalho minucioso executado em diversas frentes, que busca a constante ampliação do abastecimento de água tratada no município.

A cidade de Uberlândia, além de ser a primeira do Estado no Ranking do Saneamento, é a única de Minas Gerais pelo segundo ano consecutivo a figurar na lista de cidades brasileiras de grande porte com as melhores pontuações no ranking Universalização do Saneamento Básico, elaborado pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária Ambiental (Abes). O município integra a categoria “Rumo à Universalização”, que classifica as localidades com mais de 489 pontos dentro dos índices de saneamento.

Investimentos e implantações

  — Novo Sistema de Cloração: Aquisição de três geradores, finalizando a substituição do sistema de cloração a gás pela solução de hipoclorito de sódio nas duas estações de tratamento de água (Sucupira e Bom Jardim).

 — Reformas dos reservatórios do centro da cidade e das Estações de Tratamento de Água (ETA) Bom Jardim e Sucupira, estendendo a vida útil desses equipamentos. 

— Reforma das Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) dos distritos Cruzeiro dos Peixotos, Tapuirama e Miraporanga. 

— Novas ligações de esgoto no bairro Morada Nova, após a execução da rede e elevatórias na localidade. 

— Transferência de local do emissário localizado na rua Da Carioca, para atender às necessidades da malha viária. 

— Execução de 1.060 metros de rede de drenagem pluvial, 616 metros de ramais, recuperação de 145 erosões e 329 bocas de lobo reformadas, desobstruídas ou construídas. 

— Ampliação da coleta mecanizada com a instalação de 641 contêineres, sendo 594 na área urbana e 47 na zona rural. Ao todo, este serviço conta com 1.802 contêineres.  

— Novos serviços digitais: projeto hidrossanitário num clique; segunda via da fatura de água e esgoto e informação de vazamento pelo Zap da Prefeitura; melhor definição nas faturas de água e esgoto com a implementação do novo sistema de faturamento imediato.  

— Museu da Água: espaço com imagens e objetos históricos usados na origem da captação e distribuição de água na cidade. Local destinado à memória do saneamento em Uberlândia.    

Melhorias, atendimentos e manutenções

– Execução de 59.025 ordens de serviço para manutenção na rede de água e esgoto, incluindo reparo, limpeza e desobstrução, reposição de passeio e meio fio, reposição de asfalto, ligação e transferência do ramal de água e de esgoto e expansão das redes de água e esgoto. 

— Mais de 34.500 atendimentos realizados pelo Programa Escola Água Cidadã (Peac). Nas atividades desenvolvidas pelo Peac, principalmente nas escolas, são passadas informações sobre o uso consciente da água, etapas do tratamento dos recursos hídricos, proteção e recuperação das nascentes dos rios. 

— Cerca de 550 hectares de Áreas de Preservação Permanente (APPs) protegidas pelo Programa Buriti em22 propriedades localizadas na bacia dos rios Araguari, Uberabinha e ribeirão Bom Jardim. Mais de 40 mil mudas plantadas e a execução de 60 mil metros lineares de cerca.  

— Ampliação do serviço de coleta seletiva, atendendo 28 condomínios e alcançando mais de 4,5 mil unidades habitacionais e oito órgãos públicos das áreas de esporte, saúde, educação e meio ambiente. 

— Cerca de 200 ações de conscientização pelo Núcleo de Coleta Seletiva em escolas públicas municipais e estaduais, condomínios e empresas com informações sobre a separação correta do material a ser reciclado.      
Compartilhe:

Veja Também