Notícias

Produtores cadastrados no município recebem certificado de conformidade orgânica

Documento é entregue por associação ligada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
31 de janeiro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Araípedes Luz – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Após dois anos desde a sua criação, o Programa de Desenvolvimento de Novos Negócios Rurais, o Novo Agro, continua alcançando inúmeras conquistas. Na manhã desta sexta-feira (31), 15 produtores cadastrados no município receberam o certificado de conformidade orgânica. O documento foi concedido pela Associação Brota Cerrado de Cultura e Agroecologia, que é um Organismo Participativo de Avaliação da Conformidade (OPAC) ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Além da assistência técnica e disponibilização de insumos específicos, a Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos (SMAAD) auxilia também na organização de toda a cadeia, desde a produção até a comercialização.

No total, 40 produtores de diversas cidades receberam o certificado, que só é entregue após visitas técnicas que verificam se as propriedade estão em conformidade com as normas e princípios estabelecidos pela Lei 10.831/2003, que dispõe sobre a agricultura orgânica. O documento é renovável e tem validade de um ano. A entrega contou também com a presença de representantes da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater – MG) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Produtores cadastrados no município recebem certificado de conformidade orgânica 1
Araípedes Luz – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

“É muito bom participar de um momento como esse, no qual percebemos uma junção das esferas municipal, estadual e federal para produzir um alimento de qualidade e fazer com que a população tenha acesso aos produtos orgânicos. O comprometimento da atual administração do município faz com que os produtores tenham motivação para conseguir essa certificação”, explicou o assessor de segurança alimentar e nutricional, André França.

A produtora Joana D’arc Rezende é uma das cadastradas do Novo Agro e recebe a certificação há cinco anos. “Comecei a trabalhar com o sistema agroflorestal em 2009 e fico muito emocionada em falar do Novo Agro. Nós estamos juntos com a Prefeitura desde o início e inclusive nosso sítio é uma unidade demonstrativa de agroecologia”, contou Joana, que produz mais de 50 tipos de hortaliças e frutas. A agroecologia consiste em um sistema de produção que elimina o uso de agrotóxicos e adubos sintéticos, prezando por práticas totalmente naturais no cultivo

Conheça mais

O Novo Agro foi lançado em novembro de 2017 para estimular o desenvolvimento da economia rural no município e transformar as atuações comerciais no campo. Com aproximadamente dois mil produtores beneficiados, já foram desenvolvidas diretrizes como a criação de novas leis, elaboração de postos de comercialização, auxílios, cursos e eventos.

Todas as atividades propiciaram uma atuação mais profissionalizada dos produtores uberlandenses. Além da Agroecologia, há ações em cinco pilares principais: Piscicultura, Agroindústria de Pequeno Porte, Turismo Rural, Gastronomia e Avicultura Caipira. Para saber mais detalhes sobre o programa, confira a Cartilha do Novo Agro.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também