Notícias

Prefeitura inicia higienização de ruas e locais públicos com nova técnica

A partir desta quinta-feira (21), o combate aos microorganismos será feito com desinfetante à base de quaternário de amônia de 5ª geração
21 de maio de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A administração municipal não tem medido esforços para combater o novo coronavírus (covid-19). Prova disso é que, na noite desta quinta-feira (21), a higienização completa de ruas e locais públicos começou a ser feita com produto sanitizador denominado de quaternário de amônia 5ª geração. O uso da substância é aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e foi utilizado em cidades chinesas, europeias e em metrópoles brasileiras.

A aplicação do sanitizador está sendo feita com 20 bombas costais automatizadas e dois tratores no período noturno. O serviço, iniciado hoje, acontecerá pelos próximos seis meses e é executado pela empresa Aerotech Combat, contratada pela Prefeitura.

Os locais que recebem a sanitização são escolhidos após a análise de imagens feitas por drones. Os equipamentos sobrevoam a cidade e, por meio de sensores térmicos, identificam as áreas com maior movimentação, que são a prioridade neste primeiro momento. Os drones também emitem alertas sonoros orientando a população a evitar aglomerações.

Foto: Valter de Paula – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Na ação desta quinta (21), a higienização foi feita em ruas do Centro, em cinco Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) e no Terminal Central. Nos próximos dias as equipes, portando todos os equipamentos de proteção indiividual (EPIs), chegarão a todas as regiões da cidade, priorizando terminais, estações do transporte público, rodoviária, praças e centros comerciais.

A higienização é feita com uma solução de 0,05% do produto sanitizador e água, que funciona como uma película que mata os micro-organismos e forma uma camada protetora que mantém o local desinfetado. Diferentemente de outras substâncias, o quaternário de amônia não é tóxico à saúde humana, não causa manchas e nem corrói as superfícies. Em ambientes fechados, a recomendação é que o espaço fique isolado por cerca de 60 minutos.

Foto: Valter de Paula – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Desde março, a administração municipal realiza a higienização em pontos estratégicos com o hipoclorito de sódio, em parceria com o 36º Batalhão de Infantaria Mecanizado (BIMec). O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) utiliza três caminhões pipas, com capacidade de 15 mil litros cada. O líquido a base de cloro a 12% diluído na água é aplicado diariamente em mais de 20 pontos

A estratégia de higienização das vias segue a orientação do Comitê de Enfrentamento ao Covid-19, formado, entre outros representantes, pelas Secretarias Municipais de Saúde, Trânsito e Transportes (Settran), Meio Ambiente e Serviços Urbanos e Dmae.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também