Notícias

Museu Municipal de Uberlândia comemora 34 anos da primeira exposição

Conhecido como “Palácio dos Leões”, o espaço cultural abriu as portas para a primeira exposição em maio de 1987
20 de maio de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

O Museu Municipal da cidade está em festa. Criado em 1986, através da lei nº 4.376, o espaço cultural presenteou e deslumbrou a sociedade uberlandense com a primeira exposição de arte que aconteceu em 1º de maio de 1987. A mostra “Museu de Ofícios” envolveu a tecelagem mostrando a trajetória do “fio ao tecido”, percorrendo a técnica antiguíssima como tear até a costura e a alfaiataria realizadas pelas modernas indústrias têxteis. A exposição contou com 2.763 visitantes durante os três meses em que ficou aberta.

De lá pra cá, são 34 anos realizando mostras itinerantes, temporárias e de longa duração, sempre contextualizando o valioso acervo de peças que marcaram o dia a dia da comunidade rural e urbana da região. Com a suspensão da visitação presencial, por medidas sanitárias, e para manter a cultura viva e presente, a plataforma “Cultura em Casa” no Portal da Prefeitura (clique aqui), oferece um tour virtual por algumas peças do acervo, exposições, além de shows, espetáculos, saraus e outras manifestações culturais.

” Cada exposição e cada objeto do Museu representam memórias de nossa sociedade. São símbolos que remetem às vivências que construíram a identidade do povo de Uberlândia. Por isso, temos orgulho de dizer que aqui, por 34 anos, estão preservados os objetos que retratam o cotidiano de nossa gente. Seguiremos com essa dedicação preservando a nossa história para as futuras gerações. ” celebrou Thaís Tormin, diretora do Museu Municipal.

História

O belíssimo edifício do Museu, conhecido como Palácio dos Leões, fica na Praça Clarimundo Carneiro, no bairro Fundinho. Esta obra-prima de Uberlândia foi construída entre os anos de 1916 e 1917, pelo empreiteiro e construtor Cypriano Del Fávero e tombado pelo Patrimônio Histórico Municipal em 1985. Antes de se tornar o Museu da cidade, o local abrigou o conjunto municipal formado pela Prefeitura e a Câmara de Vereadores.

Por um breve período, a estrutura também serviu de biblioteca. Mas foi em 1994, que o município ganharia em definitivo, um espaço cultural para exibir com zelo e doses de orgulho, a história da nossa região para toda a população, através do vasto acervo composto de objetos de uso cotidiano que retratavam aspectos da vida urbana e rural dos moradores, revelando as mentalidades, os hábitos e costumes da comunidade.

Melhorias

 Por causa do novo coronavírus, o Museu Municipal (sede) e o Museu anexo (prédio da antiga biblioteca) não estão recebendo visitas presenciais. Mesmo sem a presença física do público, a celebração dos 34 anos da primeira exposição também acontece em forma de melhorias.

Desde o ano passado, o Palácio dos Leões e o Coreto passam por revitalização. O projeto é executado pela empresa vencedora da licitação, Elismário Pereira Moreira-EPP, e acompanhado pelas secretarias municipais de Obras e Cultura, seguindo especificações do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Cultural de Uberlândia (Comphac).

Museu Municipal de Uberlândia

MUSEU (sede): Praça Clarimundo Carneiro, nº 67. Fundinho.

MUSEU (anexo): Praça Cícero Macedo, 19, Fundinho

Cultura em Casa 

Idealizado pela Secretaria Municipal de Cultura, o espaço virtual no Portal da Prefeitura, oferece arte e cultura para a população. São sete abas de conteúdos divididos entre cartilhas, músicas, literatura, artes visuais, podcast, documentários e material audiovisual.

Link: uberlandia.mg.gov.br/cultura-em-casa  (clique aqui)

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também