Notícias

Projeto “Mães da Diversidade” celebra a maternidade no mês das mães

Iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo traz entrevistas de mães que lutam por dignidade, equidade e contra o preconceito
27 de maio de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

No calendário, a celebração do Dia das Mães é sempre no segundo domingo de maio. Mas a grandeza destas mulheres continua sendo celebrada no Cultura em Casa, no Portal da Prefeitura. O projeto “Mães da Diversidade” exibe entrevistas de grandes mães de Uberlândia que possuem filhos e filhas que vivem a multiplicidade da cor, da sexualidade e de singularidades como autismo ou outros transtornos, distúrbios e síndromes.

O vídeo já está disponível no Cultura em Casa (clique aqui). Uma das entrevistadas é a pedagoga Sara Alves de 32 anos de idade. Mãe de duas meninas, a moradora do bairro Mansour, aos 20 anos de idade, viu a vida mudar completamente durante a gestação de Ana Sara (hoje, com 12 anos). Ainda no berço, Sara sentiu que a filha era mais que especial. Aos três anos, a criança foi diagnosticada com autismo. Para ajudar no desenvolvimento, a mãe procurou psicólogos, mas o preço da consulta a fez se especializar em psicopedagogia para reter os conhecimentos necessários para lidar com as dificuldades e peculiaridades da própria filha.

A menina se desenvolveu, mas a família ainda lida com preconceitos que vão além do diagnóstico: “Minha filha, que antes era introspectiva, não falava, hoje interage socialmente, gosta de abraços, conversa com todos, mas já voltou chorando da escola por causa da cor. A minha outra filha, a Bárbara, de dez anos, que não tem nenhuma doença ou transtorno, não quis ir à escola por duas semanas porque zombavam do cabelo e da cor da pele. Isso me dói. Isso me machuca. Mas, com amor e proteção de mãe, superamos tudo isso, e ensino minhas filhas a importância de serem fortes e lutarem”, ressaltou Sara, cofundadora do Coletivo Amor-Autista, que ajuda as famílias de pessoas diagnosticadas com o transtorno.

Projeto “Mães da Diversidade” celebra a maternidade no mês das mães 1
Foto: Sara Alves (arquivo pessoal)

Homenagem às mães

Esta e outras entrevistas exibem os prazeres e desafios das “Mães da Diversidade” e estão, em formato de vídeo, disponíveis no Portal da Prefeitura, pelo Cultura em Casa, na seção “Literatura” como homenagem da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. “É a forma que encontramos para celebrar e enaltecer estas e outras grandiosas mães que, com amor incondicional, protegem os filhos e derrubam as barreiras do preconceito que são erguidas. São mães fortes, guerreiras que ensinam os filhos a lutarem por espaço e respeito. E sabemos que esta luta não é fácil, mas, no que depender de nós, elas terão espaço, voz e, principalmente, reconhecimento.” ressaltou a secretária municipal de Cultura e Turismo, Mônica Debs.

“Mães da Diversidade: Lute como uma mãe.”   

Ficha Técnica

Mães entrevistadas: Cecília Naves, Flávia Dantas, Karol Cordeiro, Sara Alves, Sandra Silva Andrade e Marilene Pereira.

Gravado no teatro Nininha Rocha – Centro Cultural de Uberlândia

Apresentação: Aryadne Amâncio

Direção: Disney Torbitoni

Imagens: Brayerson Neto e Disney Torbitoni

Roteiro: Aryadne Amâncio, Pollyanna Fabrini, Lêda Furtado e Silvia Gratão

Técnicos de Áudio: Carlo Igor e Hermes Quirino

Revisão: Pollyanna Fabrini

Edição: Disney Torbitoni

Prefeitura de Uberlândia

Secretaria Municipal de Cultura e Turismo

Biblioteca Pública Municipal Juscelino Kubitschek de Oliveira

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
All articles loaded
No more articles to load

Destaques

All articles loaded
No more articles to load

Veja Também