Notícias

Sanitização é intensificada no Jardim das Palmeiras e Presidente Roosevelt neste fim de semana

Uso de quaternário de amônio 5ª geração reforça ações de combate ao coronavírus
4 de junho de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Valter de Paula/ Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

Neste fim de semana, a prefeitura de Uberlândia reforça o serviço de sanitização em dois bairros do município. A ação de contenção à disseminação do coronavírus é realizada diariamente em locais estratégicos, por meio da aplicação de quaternário de amônio de 5ª geração. No sábado (5), o trabalho percorrerá o bairro Jardim das Palmeiras, já no próximo domingo (6), passará pelo Presidente Roosevelt e retornará ao Jardim das Palmeiras.

A sanitização alcança setores que são determinados por mapas de calor, indicando os locais de atuação. Com mais de 20 profissionais e supervisão da administração pública, o serviço é realizado com bombas costais durante manhã e tarde. Já à noite, há o reforço com dois tratores para atender vias e espaços de grande aglomeração, como é o caso dos terminais de ônibus coletivo.

Sanitização completa um ano

Em maio, o serviço de sanitização completou um ano. Desde sua adoção, mais de 3,5 milhões de litros da solução com o produto foram aplicados em todos os bairros das cinco regiões da cidade. Segundo levantamento feito pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria Municipal de Saúde, junto à empresa contratada para a execução do serviço, em 12 meses foram sanitizados 258 mil metros quadrados, incluindo 6.750 estabelecimentos.

Película protetora

O trabalho é realizado pela Aerotech Combat, contratada da Prefeitura. O serviço conta com 20 bombas costais automatizadas e dois tratores. A assepsia é feita com uma solução de 0,05% do produto sanitizador e água, que funciona como uma película que mata os micro-organismos e forma uma camada protetora que mantém o local desinfetado.

Diferentemente de outras substâncias, o quaternário de amônio não é tóxico à saúde humana, não causa manchas nem corrói as superfícies. Em ambientes fechados, a recomendação é que o espaço fique isolado por cerca de 60 minutos.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também