Notícias

Prefeitura realiza mais de 500 procedimentos cardiológicos

Setor de hemodinâmica foi implantado no Hospital Municipal devido à necessidade da oferta dos exames à comunidade; procedimentos foram realizados mesmo durante a pandemia
7 de julho de 2021
Foto: Valter de Paula/Secretaria de Governo e Comunicação

Em funcionamento desde o fim de novembro do ano passado, o setor de hemodinâmica do Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão já realizou 535 procedimentos de cateterismo e angioplastia. O setor de procedimentos cardiológicos foi implantado pela Prefeitura de Uberlândia devido à necessidade da oferta dos exames à comunidade.

Devido à importância dos exames, a Prefeitura de Uberlândia, adotando todas as recomendações sanitárias, realizou os procedimentos de cateterismo e angioplastia mesmo diante da pandemia em pacientes considerados graves. Ao todo, foram realizados 441 cateterismos e 94 angioplastias. Esses procedimentos são de alta complexidade e, constitucionalmente, seriam de responsabilidade do Estado e da União. No entanto, o Município tem realizado a fim de reforçar o compromisso de atender a população com agilidade e eficácia.

“Por serem procedimentos de média a alta complexidade, esses serviços devem ser custeados também pela União e o Governo Estadual. Porém, há algum tempo, verificamos uma carência do serviço pela comunidade. Por isso, pedimos ajuda ao Ministério da Saúde, que nos ajudou a viabilizar este setor. Não podíamos continuar dependendo de um único prestador de serviço na cidade para a realização destes exames que ajudam a salvar vidas”, explicou o prefeito Odelmo Leão.

Graças a esse empenho da gestão municipal junto ao Ministério da Saúde, foi possível adquirir o equipamento de hemodinâmica e instalar no Hospital Municipal o setor de procedimentos cardiológicos. Para a obra de adaptação da sala e a compra do aparelho, o Executivo municipal, com recursos da Secretaria Municipal de Saúde, investiu aproximadamente R$ 4 milhões.

Foto: Valter de Paula/Secretaria de Governo e Comunicação

A sala do sistema de hemodinâmica foi dividida em três áreas: sala de exames e procedimentos cirúrgicos (onde ficará o equipamento), setor de comando (onde permanecem os técnicos que auxiliam os médicos) e área técnica, para abrigar os painéis elétricos. Além disso, também foi necessário reformar outro espaço para abrigar a sala de recuperação pós-anestésica.

O equipamento, viabilizado pela Prefeitura com recursos da Secretaria Municipal de Saúde, foi implantado seguindo padrões de qualidade internacionais e reforçando o compromisso de atender a comunidade com agilidade e eficácia. Os principais procedimentos possibilitados são os cateterismos e angioplastias, principalmente em pacientes de alto risco de infarto e angina. O setor permite, também, o tratamento das doenças estruturais do coração, tais como: doenças das válvulas e congênitas, além de tratamentos de doenças neurológicas e vasculares cerebrais.

Veja Também

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Configurações avançadas de cookies

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies.

Cookies estritamente necessários

Esses cookies permitem funcionalidades essenciais, tais como segurança, verificação de identidade e gestão de rede. Esses cookies não podem ser desativados em nossos sistemas. Embora sejam necessários, você pode bloquear esses cookies diretamente no seu navegador, mas isso pode comprometer sua experiência e prejudicar o funcionamento do site.

Cookies de terceiros

O portal uberlandia.mg.gov.br não tem controle sobre quais cookies de terceiros serão ativados. Alguns cookies de terceiros que podem ser encontrados ao acessar o portal:
Domínios: Google, Youtube, consulte mais em