Notícias

Hospital Municipal segue com reforma e ampliação para aumentar capacidade de atendimento

Novo espaço recebe 45 pilares e vigas pré-moldadas
2 de dezembro de 2022

O conceituado Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro (HMMDOLC) que está no ranking dos melhores hospitais públicos do Brasil – sendo o único de Minas Gerais classificado – segue com a reforma e ampliação para aumentar a capacidade de atendimento para a população e melhorar ainda mais toda estrutura oferecida. Neste momento, a nova área recebe a instalação de 45 pilares e vigas pré-moldadas, além da construção das escadas de rota de fuga, obrigatória em caso de incêndio.

A iniciativa é para expansão da capacidade de atendimento e otimização da assistência durante o pré-parto das gestantes atendidas pela unidade, uma vez que parte deste processo é realizado atualmente no Hospital Municipal e na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) Martins. Com esta ampliação, todo o acompanhamento deverá ocorrer no Hospital Municipal, evitando transferências.

<strong>Hospital Municipal segue com reforma e ampliação para aumentar capacidade de atendimento</strong> 1
Foto: Valter de Paula / Secretaria de Governo e Comunicação

A obra está sendo realizada pela empresa licitada ABF Construtora e vai contemplar uma área estimada em 1.500 m²  para aumento da estrutura do atendimento em obstetrícia e a construção de um ambulatório.

Além da ampliação, o Hospital Municipal também passa por reformas, melhorando a estrutura da unidade. Cerca de dez trabalhadores atuam nas pinturas interna e externa do prédio, na demarcação de estacionamento e de esquadrias, instalação de iluminação, luminárias e lâmpadas, revisão da parte hidráulica e reparos em tetos, forros, banheiros, piso hospitalar dos leitos, revestimento externo do hospital, dentre outros serviços. 

O recurso é originário do acordo da empresa Vale com o Estado de Minas Gerais. Os trabalhos serão fiscalizados pela Secretaria Municipal de Obras.

Estrutura e inovação

Localizado na região sul da cidade, o Hospital e Maternidade Municipal possui 20 mil metros quadrados de construção em um terreno de 55 mil metros quadrados. O complexo tem atualmente 256 leitos, sendo 40 de UTI adulto, 10 de UTI neonatal, e 206 de enfermaria, incluindo a maternidade, que foi inaugurada em maio de 2011.

Durante os 12 anos de funcionamento, o Hospital recebeu melhorias que permitiram dia após dia um serviço com uma qualidade cada vez melhor. São vários exemplos, como: a construção de uma sala de hemodinâmica para tratamentos de doenças cardíacas, ampliação da quantidade de cirurgias e a criação da unidade no Centro da cidade destinada a receber pacientes diagnosticados com Covid-19 e com necessidade de cuidados mais intensivos.

A Prefeitura também adquiriu equipamentos de última geração importados da Alemanha. Dentre as aquisições, estão aparelhos de raio-x portáteis, ultrassom, ecocardiógrafos, tomógrafo computadorizado e um aparelho de ressonância magnética. Equipamentos que são encontrados em hospitais como Albert Einstein e Sírio Libanês.


Atualmente, menos de 400 hospitais no país tem acreditação da ONA, sendo que apenas 76 são públicos. O HMMDOLC está entre essas unidades que são reconhecidas pela qualidade, interação entre os processos, gestão de excelência, com foco em sustentabilidade, com a certificação em nível 3.

Após preencher todos os requisitos exigidos pelo Ministério da Saúde, foi habilitado para ser referência hospitalar na atenção à saúde em gestação de alto risco e unidade de assistência em alta complexidade cardiovascular nos serviços de cirurgia cardiovascular e procedimentos intervencionistas em Uberlândia. Também tem os selos ISO 9001 (referente ao sistema de gestão de qualidade), ISO 14001 (voltada para o sistema de gestão ambiental) e ISO 45001 (focada na gestão de segurança e saúde ocupacional). 

Outras conquistas, como os credenciamentos junto ao Ministério da Saúde para ser unidade de assistência de alta complexidade em traumatologia e ortopedia e para realizar cirurgias de média a alta complexidade de oncologia, também contribuíram para tornar o Hospital uma referência em atendimento público hospitalar no Brasil.

Veja Também