Secretaria de Saúde

Saúde do idoso

Saúde do idoso

A Rede de Atenção à Saúde da Pessoa  Idosa tem como missão melhorar a independência e autonomia do idoso com ênfase na qualidade de vida. Com esse objetivo,  Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza em suas unidades de saúde profissionais de diversas áreas como médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos, educadores físicos, fisioterapeutas e outros profissionais capacitados a oferecer cuidado e orientações necessárias à este público. 

A pessoa idosa recebe em sua unidades de saúde de referência em Uberlândia, o apoio, cuidados necessários  e atenção qualificada tendo como base de atendimento a Estratificação de Risco, o que prioriza e organiza o serviço, bem como a caderneta de saúde da pessoa idosa que contém orientações e o histórico de sua saúde. 

Além disso, os idosos contam também com acolhimento, orientação e ações educativas individuais ou em grupos, ações de imunização específicas para a população idosa, visita domiciliar ou institucional, atendimento domiciliar da equipe de referência, bem como encaminhamento ao Programa Melhor em Casa para atendimento domiciliar. E contam ainda com exames e consultas especializadas assim como pronto atendimento  conforme a necessidade. 

Preocupada em oferecer um cuidado amplo e otimizado a Rede de Atenção à Saúde da Pessoa  Idosa incentiva e promove ações integradas com o intersetor, procurando manter estreita a comunicação com todas as secretarias, com o Conselho Municipal do Idoso e outros órgãos que beneficiem o cuidado à Pessoa Idosa. 

Além dos programas Remédio em Casa e Melhor em Casa que realizam o atendimento também a este público, foi desenvolvido em 2019 o mutirão Trem do Idoso.

Trem do Idoso

O Trem do Idoso é um evento, realizado em todas as regiões da cidade, que tem como objetivo identificar e cadastrar as pessoas da terceira idade, realizando uma análise para formular planos de cuidado específicos e individualizados que promovam a prevenção e garantam mais qualidade de vida a este público. 

Durante o mutirão, os participantes recebem orientações diversas sobre qualidade de vida, vacinação, programa de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e práticas integrativas e complementares em saúde e passam por avaliações, como cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), velocidade da marcha e a aplicação de um questionário para identificar o Índice de Vulnerabilidade Clínico-funcional (IVCF-20).

Facebook

DESTAQUES

All articles loaded
No more articles to load

SIGA UBERLÂNDIA

Siga Uberlândia
QUERO RECEBER NOTÍCIAS DA PREFEITURA DE UBERLÂNDIA. *