Notícias

Prefeitura de Uberlândia investe em políticas de apoio à mulher

Da saúde ao empreendedorismo, cidade já é referência no país em ações voltadas para esse público
25 de janeiro de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Secretaria e Governo e Comunicação-PMU

A promoção da saúde e independência da mulher em todos os âmbitos é um dos compromissos da Prefeitura de Uberlândia. Em 2021, essas políticas foram ampliadas com parcerias de apoio ao empreendedorismo feminino. No último ano, a gestão ainda regulamentou a distribuição de absorventes para alunas da rede municipal de ensino. Isso sem falar na continuidade de programas que criam uma rede de apoio para a segurança e bem estar desse público em diversas etapas da vida.

“A gestão Odelmo Leão busca sempre trazer protagonismo para a população em seus diversos segmentos. E isso não poderia ser diferente em relação às mulheres, que muitas vezes são o suporte de toda uma família e enfrentam inúmeros desafios. As ações que temos desenvolvido aqui têm se mostrado bastante eficazes para apoiar esse público. Um exemplo é o Salve Maria. O nosso aplicativo auxilia na denúncia de casos de violência e tem chamado a atenção de outras prefeituras, que vêm até nós para um intercâmbio de tecnologia”, relata a secretária de Governo e Comunicação, Ana Paula Junqueira.

Por mais segurança às mulheres

Prefeitura de Uberlândia investe em políticas de apoio à mulher 1
Secretaria e Governo e Comunicação-PMU

Desde março de 2019, o aplicativo Salve Maria é disponibilizado pela Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria de Governo e Comunicação, para facilitar e simplificar o processo de denúncia de violência doméstica junto à polícia. Até 31 de dezembro do ano passado, houve mais de 550 acionamentos do botão do pânico, quase 850 denúncias registradas por meio do recurso e o aplicativo soma mais de 13 mil downloads pelas plataformas iOS e Android.

O desenvolvimento da tecnologia, viabilizada pela empresa pública Processamento de Dados de Uberlândia (Prodaub), e a experiência adquirida pelo Município têm chamado a atenção de gestores de outras cidades.

O aplicativo foi cedido e já está em funcionamento desde 2020 em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. São Luís (MA), Búzios (RJ) e Rio das Ostras (RJ), Ribeirão Pires (SP), Araxá (MG) e Aquidauana (MS) são outras localidades interessadas na iniciativa.

Acompanhamento especializado

Prefeitura de Uberlândia investe em políticas de apoio à mulher 2
Secretaria e Governo e Comunicação-PMU

Além disso, Uberlândia conta com a Casa da Mulher. Destinado a mulheres vítimas de violência, o equipamento público abriga uma completa estrutura de apoio, que inclui a presença da Diretoria de Proteção Social da Mulher e o Núcleo de Apoio à Mulher. Os dois órgãos orientam e encaminham as vítimas para rede socioassistencial.

O trabalho é feito por uma equipe composta por profissionais como assistentes sociais e psicólogos. Somente no ano passado, 1.572 foram atendidas.

A Casa da Mulher também se tornou referência no tipo de serviço prestado. O local já recebeu a visita de policiais militares dos municípios mineiros de João Pinheiro, Unaí e Paracatu e de servidores da Prefeitura de Araguari, também no Triângulo Mineiro.

Apoio integral à saúde

Mas o trabalho da Prefeitura de Uberlândia em defesa da dignidade do público feminino vai além do apoio em situações de risco. Na área da saúde, as mulheres encontram outras ações de suporte. Um exemplo é a Rede de Atenção à Saúde da Mulher, que oferece assistência, prevenção às doenças, diagnóstico precoce do câncer de colo uterino e de mama, planejamento e saúde reprodutiva, pré-natal e pós-parto e também a questão da violência sexual.

Dentro da rede, é desenvolvido o programa Mãe Uberlândia, que possui um aplicativo com o mesmo nome finalidade. O objetivo do programa é auxiliar as mulheres no acompanhamento da gravidez e planejamento familiar. O foco está no atendimento humanizado, redução dos partos prematuros e da mortalidade infantil. Cada gestante ainda recebe um kit com bolsa e enxoval.

Outro exemplo de cuidado com a saúde feminina está na recém regulamentada lei federal para permitir, no âmbito do município, a distribuição gratuita de absorventes higiênicos a estudantes da Rede Municipal de Ensino. A iniciativa deve beneficiar neste ano letivo pelo menos 4 mil alunas em situação de vulnerabilidade econômica.

As secretarias de Governo e Comunicação, Saúde, Educação e de Desenvolvimento Social, Habitação e Trabalho atuam em conjunto nessa política pública.

Estímulo ao empreendedorismo

A Prefeitura de Uberlândia também se faz presente no apoio à geração de renda para a população. No caso específico das mulheres, dois termos de cooperação foram firmados e iniciados em 2021. Por meio da Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação, o Município aderiu ao programa “Fomento Mulher”, promovido pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

A proposta do programa é fomentar a implantação de projetos produtivos, promover a segurança alimentar e nutricional, estimular a geração de renda, bem como valorizar o trabalho da mulher na unidade de produção familiar. O benefício é viabilizado por meio de concessão de crédito a trabalhadoras assentadas da reforma agrária atendidas por serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater).

A gestão municipal ainda firmou acordo de cooperação técnica com o Instituto Rede Mulher Empreendedora (Irme) para possibilitar às mulheres capacitação gratuita dentro do programa “Ela Segura”. Pela plataforma online, as participantes encontram aulas em vídeo com os temas Finanças, Administração, Marketing, Autoconfiança, Espírito Empreendedor e Comunicação. As inscritas ainda concorrem a um incentivo financeiro.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também