Notícias

Chefe do executivo recebe alface produzida com uso de pó de basalto

Utilização do remineralizador apresentou aumento na produção da hortaliça; Prefeitura também realiza testes no cultivo de beterrabas
30 de setembro de 2022

A utilização do remineralizador de solo pó de basalto na produção agrícola segue sendo objeto de experimentos pela Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação. Neste sentido, nesta sexta-feira (30), no Centro Administrativo Municipal, o prefeito Odelmo Leão recebeu pés de alfaces produzidas em testes com pó de basalto. O plantio da hortaliça foi feito pela equipe da Secretaria Municipal de Agronegócio, Econimia e Inovação na fazenda experimental da Fundação de Excelência Rural de Uberlândia (Ferub), mesmo local que recebe experimentos do remineralizador no cultivo de beterrabas.

“Esse experimento tem se mostrado positivo com uma maior produtividade e ganho dos alimentos. Uberlândia conta com ricas fontes deste remineralizador de solo e esperamos utilizá-lo em favor da população, da economia e do desenvolvimento do nosso município”, destacou o prefeito Odelmo Leão.

Recentemente, o uso do pó de basalto no cultivo de alfaces e rúculas, bem como de pastagens, já apresentou bons resultados em testes analisados. Conforme verificado na produção da alface, por exemplo, com a utilização de uma dose estimada de 6,72 toneladas por hectare (t/ha), o aumento observado na produtividade foi de 12%, se comparado a uma produtividade padrão por adubação mineral. De 33.594 quilogramas por hectare (kg/ha) a produtividade saltou para 37.636,79 kg/ha, mostrando um ganho de 4.042,79 kg/ha com o uso do pó de basalto.

Experimentos com beterrabas

A partir das análises obtidas com as hortaliças, agora são as amostras de beterrabas que passam por análise em laboratórios visando comprovar, mais uma vez, a efetividade da produção com o uso adequado do remineralizador. A previsão é de que a colheita do vegetal seja feita nos próximos dias, ao passo que a secretaria aguarda a divulgação dos resultados.

Assim como percebido nos dados da produção de alfaces, rúculas e em pastagens, a ideia da Prefeitura é apoiar a sistematização do pó de basalto nas produções agrícolas, reduzindo o uso de defensivos. Todo o cultivo oriundo dos testes realizados na fazenda experimental da Ferub será destinado para instituições sociais do município.

Veja Também